• Hariele Quara

Ovelhas negras voam

Eu sou a ovelha negra da família.


Minha mãe sempre sonhou com uma filha médica, mas desde cedo eu soube que o meu futuro estaria atrelado a textos. Sempre amei escrever. Eu amava estudar português, ainda que fosse excelente aluna nas demais disciplinas.


Aos 8 eu brincava de ensinar. Eu amava.


Eu tinha 17 quando comecei a ganhar dinheiro com aulas particulares de português e redação para os colegas do ensino médio. Eu gastava tudo em livros.


Foi naquela época que eu me tornei uma adolescente rebelde!


Me inscrevi no vestibular para Letras, alegando não ter pontuação para passar pra Medicina. Menti. Passei entre os primeiros colocados.


Minha mãe, que queria uma médica, mal conseguiu balbuciar um parabéns.


Não desanimei (muito). Segui firme. Eu queria me formar, fazer pós-graduação, me tornar uma grande professora!


Eu peguei meu diploma de graduação nas mãos um mês antes de sair o edital da primeira turma do mestrado em Letras no meu Estado. Eu estava grávida de 9 meses, não tinha especialização. Minha chance era ter uma excelente nota na prova escrita!


Eu virei noites com um recém-nascido de um lado e o livro de outro. Eu passei na seleção em 4º lugar. Eu disse na dedicatória da minha dissertação: “Àquela a quem não pude dar uma médica, mas prometo uma doutora, minha mãe.”


Passei em um concurso público, e a estabilidade acabou se tornando minha inércia por muitos anos. Deixei voar muitos sonhos em nome do “passarinho na mão”.


Até que um turbilhão emocional destravou tudo em mim! A dor e o sofrimento me abriram as portas para voar na direção dos meus sonhos e das suas realizações.


Nos últimos meses, ajudei mais de 2 mil profissionais do texto que querem saber mais como empreender e se tornarem mais técnicos e melhores.


Eu encontrei minha missão: eu ajudo profissionais a encontrarem seu próprio caminho para o sucesso e a plenitude profissional.

Eu nunca fui tão feliz!


Foi assim que pude ouvir da minha mãe médica o quanto ela hoje sente orgulho de mim.


Isso me move.


Não desista do que te move e te inspira. Seja a ovelha negra se for necessário. Mas pegue impulso e voe em busca dos seus sonhos!

Minha comunidade de revisores que se ajudam: https://t.me/mestredarevisao

132 visualizações1 comentário